social media brazil story

6 Principais Tendências das Mídias Sociais no Brasil

As últimas notícias sobre as mídias sociais no Brasil revelam algumas tendências interessantes que devem ser levadas em consideração por profissionais de marketing e de mídia e anunciantes.

Tendência n. 1  A taxa de penetração das mídias sociais no Brasil chega a quase 100%.
Diferentes fontes relataram diferentes taxas de penetração de mídias sociais no Brasil, variando de 79% a 87% ou mais. No entanto, os dados mais recentes são os divulgados por uma das mais conceituadas fontes de pesquisas on-line, a empresa comScore. Segundo um relatório elaborado pela empresa em dezembro de 2011, intitulado It’s a Social World (o mundo é social), 97% da população de internautas do Brasil estão usando mídias sociais.

Tendência n. 2  A maioria dos brasileiros usa mídias sociais para pesquisar produtos antes de comprá-los
Um estudo realizado pela empresa Oh! Panel em 2011 concluiu que 61,4% dos brasileiros procuram informações sobre produtos em páginas de mídias sociais antes de comprá-los. Além disso, o estudo constatou que 81% dos brasileiros usam redes sociais para procurar novos produtos e que mais de 75% deles fazem buscas por descontos especiais.

Tendência n. 3  As compras da maioria dos brasileiros são influenciadas por postagens em mídias sociais
O mesmo estudo da Oh! Panel revelou outra tendência interessante: quando se trata de produtos, 79% dos brasileiros afirmam que têm mais confiança em postagens de amigos e familiares do que nas postagens de especialistas em produtos.

Tendência n. 4  Muitos brasileiros acreditam que as mídias sociais são boas fontes de experiências com marcas
Um estudo realizado em outubro de 2011 enfocou as posturas de internautas no Brasil, China, Índia e Estados Unidos em relação a mídias sociais. Quase um terço dos brasileiros (31%) concordou com a afirmação de que os “sites de redes sociais são uma boa fonte de informação boca a boca sobre experiências com marcas”. Esse percentual foi significativamente mais alto que o das respostas de pessoas de outros países estudados diante da mesma afirmação.

Tendência n. 5  Os brasileiros são fascinados com o Facebook
Em dezembro de 2011, o visitante brasileiro médio passou 4,8 horas conectado ao Facebook, o que representa um grande aumento em relação aos meros 37 minutos registrados em dezembro de 2010. Não é de se admirar, portanto, que o Brasil tenha se tornado o quarto país do mundo em números de usuários do Facebook em dezembro de 2011: 36,1 milhões. O site cresceu 250% no Brasil nos últimos quatro anos, superando o Orkut como o site de mídia social mais popular. Como resultado desse crescimento, o Facebook foi o site com o maior número de anúncios tipo display em dezembro de 2011, ficando com uma fatia de 17,4% desse mercado, maior que a de gigantes do setor de mídia como a Globo, UOL, Terra e Google.

Tendência n. 6  O Vostu e o Tumblr estão crescendo vertiginosamente no Brasil
Segundo a empresa comScore, o número de visitantes do Vostu aumentou 338% entre dezembro de 2010 e o mesmo mês em 2011, enquanto o de visitantes do Tumblr cresceu 206%. Nenhuma dessas duas cifras surpreende, considerando que o Vostu é um site de jogos e os brasileiros gastaram US$ 2 bilhões em jogos on-line em 2011. Quanto ao Tumblr, uma plataforma de blogagem e rede social, seu crescimento corrobora uma verificação do Instituto Ipsos, que relatou recentemente que 71% dos internautas brasileiros visitam blogs.

Para saber como podemos ajudá-lo a alcançar o Brasil com uma campanha estratégica que usa diversas mídias, entre em contato conosco pelo endereço info@usmediaconsulting.com.

[twitter style=“vertical” float=“left”] [fblike style=“box_count” float=“left” showfaces=“false” width=“450” verb=“like” font=“arial”] [linkedin_share style=“top” float=“left”] [fbshare type=“button” float=“left”]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>